Zé Jesuino renuncia pra não ter a anotação de cassado na ficha, mas sai como mentiroso - Oswaldo Oleari

4 de dezembro de 2013
Não se pode estranhar mais nada na pátria amada, idiotalatrada, salve, salve!

Depois da fanfarronice dos cassados, depois das mentiras do Zé Jesuíno e sua suposta doença - negada por duas juntas médicas - depois da desfaçatez da carta de renúncia, só enfiando os dois dedos no fiofó e ir rasgando bem devagarim, como diria nosso prezado Eleisson de Almeida.

É a picada do fim.

Mente-se descaradamente, deslavadamente nos meandros dos podres poderes.

Ahhh, eu sei, sempre se mentiu. Mas, a rigor, nunca antes na história deste País se mentiu tanto para o povaréu, tanto o da massa de manobra quanto o da parte bem menor que ainda pensa sem feder.

Nunca imaginei que toda essa horda de supostos defensores da moralidade, da ética, das mudanças nas práticas políticas, fosse aprontar tudo o que se está vivendo pelaí.

Embora não totalmente iludido, tinha alguma esperança em alguns avanços no processo de limpeza da imundície política que sempre imperou e fez do Brasil o seu quintal, a sua ilha, a sua fazenda.

Sabuquê mais? Eles que se phodam, que eu vou curtir um bom som e uma boa taça de um bom vinho.

(Oswaldo Oleari)

COMENTAR

COPYRIGHT© 2007-2014 Don Oleari Ponto Com - Todos os direitos reservados - Aldeia Verbal Produções e Jornalismno - CNPJ: 15.265.070/0001-49